Bibliografia

Uma lista, incompleta e aberta a sugestões, de bibliografia sobre a questão autoral, com ênfase na autoria colaborativa.

Livros e artigos

ANTOUN, Henrique. Jornalismo e ativismo na hipermídia: em que se pode reconhecer a nova mídia. X ENCONTRO DA COMPÓS, UnB, Brasília, 2001. Anais… Brasília Associação Nacional dos Programas de Pós-Graduação em Comunicação, 2001. Disponível em: <http://www.revistas.univerciencia.org/index.php/famecos/article/viewArticle/274>.

AARSETH, Espen J. Cybertext – Perspectives on ergodic literature. Baltimore: The Johns Hopkins University Press, 1997.

ASCOTT, Roy. Art and Telematics: towards a network consciousness. In: GRUNDMANN, H. (Ed.). Art + Telecommunication. Vancouver: The Western Front, 1984, p. 25-67.

______. Plissando o texto: origens e desenvolvimento da arte telemática. In LEÃO, Lucia (Org.) O chip e ocaleidoscópio – Reflexões sobre as novas mídias. São Paulo: Editora Senac, 2003, pp. 413-430.

BARBOSA, Pedro. A ciberliteratura – Criação literária e computador. Lisboa: Edições Cosmos, 1996.

______. O computador como máquina semiótica. 2001. Disponível em: <http://www.pedrobarbosa.net/artigos_online-pdf/artigo-rcl.pdf>.

BARTHES, Roland. A morte do autor. In: O rumor da língua. 2ª ed. São Paulo: Martins Fontes, 2004.

BENNETT, Andrew. The author. New York: Routledge, 2005.

BOLTER, Jay David. Writing space – Computers, hypertext, and the remediation of print. 2nd ed. London: Lawrence Erlbaum Associates, 2001.

BURKE, Sean.  Autorship: from Platô to the postmodern. Edinburgh University Press, 1995.

______. The death and return of the author. Criticism and subjectivity in Barthes, Foucault and Derrida. 2nd ed. Edinburgh: Edinburgh University Press, 1998.

CARBONI, Guilherme. Direito autoral e autoria colaborativa na economia da informação em rede. São Paulo: Quartier Latin, 2010.

CHARTIER, Roger. A aventura do livro, do leitor ao navegador. Tradução Reginaldo Carmello Corrêa de Moraes. São Paulo: Unesp, 1999.

DE KERCKHOVE, Derrick. Texto, contexto, hipertexto: três condições da linguagem, três condições da mente. Revista Famecos nª 22, 2003, pp.7-12.

EISENSTEIN, Elizabeth L. The printing revolution in Early Modern Europe. 2nd ed. New York: Cambridge University Press, 2005.

FERNANDES, Noélia M.. A autoria e o hipertexto. Coimbra: Minerva. 2003.

FOUCAULT, Michel. A ordem do discurso. 7ª ed. São Paulo: Loyola, 2001.

______. O que é um autor?. 6ª ed. Lisboa: Passagens, 2006.

HAYLES, N. Katherine. Translating media: why we should rethink textuality. The Yale Journal of Criticism v.16, n. 2, 2003, p. 263-290.

______. Electronic literature: new horizons for the literary. Notre Dame: University of Notre Dame Press, 2008.

HIMANEN, Pekka. The hacker ethic – A radical approach to the philosophy of business. New York: Random House, 2001.

JOHNSON, Telma. Nos bastidores da Wikipédia Lusófona – Percalços e conquistas de um projeto de escrita coletiva on-line. Rio de Janeiro: E-papers, 2010.

LANDOW, George P. Hypertext 2.0: The convergence of contemporary critical theory and technology. [Baltimore]: Johns Hopkins University Press, 1997.

LEÃO, Lucia. O labirinto da hipermídiaArquitetura e navegação no ciberespaço. 3ª Ed. São Paulo: Iluminuras, 2005.

LONG, Pamela O. Openness, secrecy, authorship. Technical arts and the culture of knowledge from Antiquity to the Renaissance. [Baltimore]: The Johns Hopkins University Press. 2001.

MATUCK, Artur. A emergência do eletroescrito. Campus Estado do México. 2008 Disponível em: <http://dialnet.unirioja.es/servlet/articulo?codigo=2161336>.

______. Ewriting prospective: re-scripting authors’ rights in the electronic domain. In: Media in Transition Internacional Conference, 1, 2009, Cambridge, USA. Massachusetts Institute of Technology. Disponível em: <http://web.mit.edu/comm-forum/mit6/papers/Matuck.pdf>.

PETRY, Arlete. O jogo como condição da autoria e da produção de conhecimento: análise e produção em linguagem hipermídia. 292f. Tese de Doutorado – Pontifícia Universidade Católica, São Paulo, 2010.

PRIMO, Alex; RECUERO, Raquel. Hipertexto cooperativo: uma análise da escrita coletiva a partir dos Blogs e da Wikipédia. In: REVISTA FAMECOS, Porto Alegre, n. 22, p.54-65, dez. 2003.

RAYMOND, Eric. The cathedral & the bazaar, musings on Linux and open source by and accidental revolutionary. 2ª ed. USA: O’Reilly, 2001.

STALLMAN, Richard. Why software should not have owners. 1994. Disponível em: .

SIMONE, Raffaele. The Body of the Text. In: NUNBERG, Geoffrey (Ed.). The future of the book. [Los Angeles]: University of California, 1996, p. 239-251.

SERELLE, Márcio. Redes anônimas: aspectos de dissolução do autor no ciberespaço. In: Interações midiáticas.PINTO, J.; SERELLE, M. (Orgs.). São Paulo: Autêntica, 2006, pp. 61-75.

THOMAS, Max W. Reading and writing the Renaissance commonplace book: A question of authorship?. In: WOODMANSEE, Martha; JASZI, Peter (Ed.). The construction of authorship. Textual appropriation in law and literature. 3rd ed. [Durham]: Duke University Press, 2006, p. 401-415.

WEISSBERG, Jean-Louis. Entre produção e recepção: hipermediação, uma mutação dos saberes simbólicos. In: COCCO, Giuseppe et al (Org.). Capitalismo cognitivo: trabalho, rede e inovação. Rio de Janeiro: DP&A, 2003, pp.109-131.

WOODMANSEE, Martha. The author, art, and the market – Rereading the History of aesthetics. New York: Columbia University, 1994.

Indico também alguns posts aqui do blog que trazem mais referências bibliográficas. São eles:

Boa bibliografia sobre autoria e propriedade intelectual

Livros sobre cibercultura pra baixar

Remix ou plagiocombinação – algumas referências

Além disso, vale conferir a coleção de links na barra lateral direita do blog – “Livros pra Baixar”.

2 Respostas para “Bibliografia

  1. Adri

    Olá, Beatriz, estou começando a escrever meu TCC de conclusão de Curso de Especialização em Informática na Educação.
    Fiquei muito empolgada com o material que tens aqui no teu site.
    Meu trabalho é “O uso das TICs na escola e as práticas de valorização da autoria”,desculpa o abuso, mas vou pedir: tens sugestões mais específicas de bibliografia pra mim?
    Obrigada e parabéns pelo teu trabalho!
    Adri

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s