“Juntos” – sobre a complexidade da cooperação

O último livro do sociólogo e historiador Richard Sennett trata de um tema caro aos estudos de cibercultura: Juntos – os rituais, os prazeres e a política da cooperação.

Da orelha do livro:

“O autor argumenta que a cooperação é uma arte, e as bases para a cooperação hábil estão em aprender a ouvir bem e avaliar, em vez de duelar verbalmente. Sennett explora como as pessoas podem colaborar on-line, nas ruas, nas escolas, no trabalho e na política local. Delineia a evolução dos rituais de cooperação desde os tempos medievais até o presente, em situações tão diversas como comunidades de escravos, grupos de socialistas em Paris e trabalhadores de Wall Street. Dividido em três partes, o livro aborda a natureza da cooperação, por que esta se tornou débil, e como poderia ser reforçada. Sennett adverte que devemos aprender a arte da cooperação se quisermos que a nossa sociedade – individualista e competitiva – prospere, e nos assegura que somos capazes disso, pois a faculdade de cooperação faz parte da natureza humana.”

Na parte em que trata mais diretamente da comunicação eletrônica, Sennett conta que participou de um grupo de testes de trabalho com o Google Wave, programa concebido especificamente para a cooperação on-line. Seu relato ajuda a entender por que, afinal, o projeto fracassou.

O grupo do qual participou reunia diferentes profissionais espalhados por diversos países europeus com o objetivo de levantar informações e criar políticas para a questão da migração para Londres. Com o passar do tempo, no entanto, as interações on-line esfriaram e eles acabaram preferindo agendar encontros pessoais para avançar nas discussões.

Na análise de Sennett, a interface do Google Wave não contemplava a complexidade da comunicação pois inibia visualmente os pensamentos fora da caixa e as intervenções casuais, aparentemente irrelevantes, mas que tinham o potencial de trazer inputs originais à conversa.

Assim, as razões do fracasso tem a ver com o mau entendimento da comunicação e da cooperação. O programa confundia partilha de informações com comunicação, que engloba também formas mais sutis de expressão como a sugestão e a conotação.

Para ele, isso não é um problema exclusivo do Google Wave, mas está presente em vários outros softwares. Isso porque os desenvolvedores acreditam que um modelo dialético dará conta da comunicação e não avançam em recursos dialógicos, o que acaba por inibir a cooperação.

Bom, isso é só uma palinha do conteúdo do livro. Para quem quiser entender mais a fundo a complexidade da comunicação humana, fica aí a dica de excelente leitura.

4 Comentários

Arquivado em Autoria Colaborativa, Tecnologias da Cooperação

4 Respostas para ““Juntos” – sobre a complexidade da cooperação

  1. Olá Bia,

    Obrigada por mais essa importante comunicação. Abraços, Rosane Taruhn

    • Olá Rosane,

      O conhecimento e também as referências devem ser compartilhados, não é?😉

      Um abraço,

      Bia

      • Sim, com certeza. E o parágrafo sobre os sistemas para escrever em colaboração, por exemplo, que cita o problema de desenvolvimento de softwares, é contundente. Precisamos de sistemas facilitados. Aliás, o seu Wiki parece ser mais fácil do que outros que vejo por aí. Alguma dica? Obrigada. Abraços, Rosane

      • Rosane,

        A plataforma Wikia é aberta, qualquer pessoa pode se inscrever e criar um projeto wiki.

        O sistema até evoluiu bastante desde que criei a Meta Autoria Wiki. Tem mais recursos agora e está bem mais amigável.

        Há pouca configuração que você pode fazer ao criar e o resto é padrão.

        Faça uma experiência. Não dá trabalho e vale a pena: http://www.wikia.com/Wikia.

        Um abraço,

        Bia

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s